Wednesday, May 7, 2014

As seis categorias de seres não iluminados


Existem muitos tipos de seres não iluminados, mas o que todos eles têm em comum são os muitos tipos de ilusão e ignorância.

Nossa visão de realidade é corrompida por muitos apegos, alguns deles estão escondidos no fundo do nosso inconsciente. Qualquer ação cometida por um ser que está afundado na ilusão e motivado por apegos, dá vazão ao karma, sofrimento ou estados passageiros de bem-estar. Tudo é causa e efeito. Quando uma pessoa age com uma mente não iluminada, sob a escravidão de falsas visões, o efeito é menos ou mais insatisfação ou felicidade de curta duração.

Portanto, existem seres que estão sempre motivados pelo ódio e constantemente agem com crueldade. Desde o início da vida presente, eles estão sendo consumidos pelo fogo e quando esta vida terminar, eles nascerão em locais onde serão devorados pelo próprio ódio e sofrerão as consequências de suas próprias ações. Estes são os seres nascidos nos infernos.


Outros seres são consumidos por fome e sede insaciáveis por várias possessões, vivendo como se nada pudesse satisfaze-los. Após a morte, seus fluxos mentais, impregnado por suas obsessões, tomarão a forma (corpo) parecida com elas e vagarão em locais sem água ou comida. Ainda que eles possam encontrar água e comida, seus corpos estarão tão distorcidos que não conseguirão digeri-la. Estes nascem como seres famélicos (pretas).

Depois há os seres cujas mentes estão focadas apenas em sexo, comida e bebida, sem quaisquer maiores aspirações espirituais. Como são limitados aos seus instintos, nascerão na próxima vida como animais. O medo que eles experimentam e as tensões criadas pelos seus instintos são tão grandes que eles vivem exclusivamente para satisfazê-los.

Os humanos são seres de tendências misturadas. O karma manifestado em suas mortes anteriores não foi tão ruim a ponto de ao leva-los ao grau mais inferior de existência e nem tão bom a ponto de ir além do reino humano.

As duas esferas de existência que estão imediatamente acima do reino humano não estão ainda livres do sofrimento, ilusão ou apego, mas estes são menores do que aqueles encontrados no reino humano ou abaixo dele.  Logo acima dos humanos estão os asuras (semideuses ou espíritos guerreiros), que ainda possuem inveja e espírito competitivo bastante forte.

Acima dos asuras estão os devas ou deuses – os méritos e virtudes acumulados em vidas anteriores manifestaram-se na forma de nascimento em reinos celestiais.

É muito importante saber que estes estados de existência descritos acima e os seres nascidos neles, não estão livres ou iluminados, eles simplesmente são possuidores de karma melhor ou pior.

Imagine algo como um reservatório de karma bom ou ruim – os resultados de vários atos bons e maus estão lá aguardando para se manifestar. Quanto maior a quantidade de bom karma, mais feliz será a próxima vida nas várias formas de existência.  Porém, há um detalhe aqui. O reservatório se esvaziará cedo ou tarde e a pessoa irá cair do bom estado em que se encontra agora, deixando este estado para nascer em um estado inferior, dependendo do tipo de karma acumulado em vidas anteriores.


Assim, não há nenhum estado permanente.  No nível inferior ou superior da roda da vida, a pessoa nunca está livre ou segura. Dor e sofrimento a seguem sempre, de muitas maneiras, até que o Estado de Buda ou liberdade completa seja atingida.

0 comentarii: